A audiência da TV na inauguração de Biden supera a audiência de Trump quatro anos antes

Cerca de 40 milhões de pessoas assistiram à cobertura ao vivo da posse de Joe Biden. O número de telespectadores não captura pessoas que sintonizaram em plataformas digitais ou outras que assistiram televisão fora de casa, como bares e restaurantes.

O presidente Joe Biden e a primeira-dama Jill Biden caminham perto da Casa Branca durante uma escolta presidencial à Casa Branca, quarta-feira, 20 de janeiro de 2021 em Washington. (Foto da AP / Jose Luis Magana)

Cerca de 40 milhões de pessoas assistiram à cobertura ao vivo da posse do democrata Joe Biden como presidente dos Estados Unidos em seis redes de TV, de acordo com dados da Nielsen divulgados na quinta-feira, um aumento de 4% em relação ao número que sintonizou o juramento de Donald Trump há quatro anos.

O número cobre o intervalo de 30 minutos começando às 11h45 EST na quarta-feira, quando Biden fez o juramento de posse e fez seu discurso inaugural no Capitólio dos Estados Unidos. Inclui a audiência das emissoras ABC, CBS e NBC e canais a cabo Fox News, CNN e MSNBC.

Em 2017, cerca de 38,3 milhões de pessoas assistiram à posse e ao discurso do republicano Trump nessas redes. A tomada de posse do democrata Barack Obama em 2009 como o primeiro presidente negro dos EUA atraiu 51,2 milhões de telespectadores.

Biden, o vice-presidente de Obama, se tornou o 46º presidente dos EUA na quarta-feira em uma cerimônia que incluiu apresentações de Lady Gaga, Jennifer Lopez e Garth Brooks. Kamala Harris fez história ao se tornar a primeira pessoa negra, a primeira mulher e a primeira asiático-americana a servir como vice-presidente.

Os números de audiência de TV não capturam pessoas que sintonizaram em plataformas digitais como Twitter, Facebook e YouTube, que transmitiram o evento ao vivo, ou outras que assistiram pela televisão fora de casa, como bares e restaurantes.

Dados atualizados são esperados nos próximos dias.

A CNN, de propriedade da AT&T Inc, liderou todas as redes com quase 10 milhões de telespectadores da cerimônia de Biden. O ABC de Walt Disney Co ficou em segundo lugar. O canal Fox News da Fox Corp ficou em último lugar entre as seis principais redes, com 2,8 milhões de telespectadores.

A classificação refletiu uma reversão de quatro anos atrás. A Fox News, que é popular entre os telespectadores conservadores, liderou todas as redes para a posse de Trump, com 11,8 milhões de telespectadores, um recorde do dia de inauguração para uma única rede. A CNN ficou em quinto lugar na época, com 3,4 milhões.