Talibã mata parente do repórter da Deutsche Welle no Afeganistão

O diretor da Deutsche Welle, Peter Limbourg, condenou duramente o assassinato e disse que as casas de pelo menos três outros repórteres foram revistadas pelo Taleban no Afeganistão.

Em 19 de agosto de 2021, combatentes do Taleban exibem sua bandeira em patrulha em Cabul, Afeganistão. (AP)

A emissora pública alemã Deutsche Welle disse que o Taleban atirou e matou um membro da família de um de seus repórteres no Afeganistão e feriu gravemente um segundo membro da família.

A emissora disse em um comunicado na quinta-feira que os combatentes do Taleban estavam procurando o repórter da Deutsche Welle e revistando casas no oeste do Afeganistão. Ele disse que outros membros da família conseguiram escapar.

Deutsche Well afirma que o próprio repórter, cuja identidade não foi revelada, já está baseado na Alemanha, onde também trabalha. A Deutsche Welle não deu mais detalhes sobre os familiares mortos e feridos ou disse onde e quando exatamente no Afeganistão a matança ocorreu.

O diretor da Deutsche Welle, Peter Limbourg, condenou duramente o assassinato, dizendo que o assassinato de um parente próximo de um de nossos jornalistas pelo Talibã é incrivelmente trágico e uma prova do perigo iminente que todos os nossos trabalhadores e suas famílias estão exposto no Afeganistão.

Ele acrescentou: O Taleban está obviamente conduzindo buscas organizadas por jornalistas em Cabul e nas províncias. O tempo está se esgotando.

Limbourg acrescentou que as casas de pelo menos três outros repórteres da Deutsche Welle foram revistadas pelo Taleban no Afeganistão nos últimos dias e semanas.