Mãe adolescente russa pega 10 anos de prisão por deixar bebê morrer de fome

Viktoria Kuznetsova, de 17 anos, deixou seu filho de nove meses, Egor, sozinho em casa para visitar seus amigos, depois que seu marido, que trabalha no exército, saiu para o serviço militar.

rússia, infante, morte infantil, infante da Rússia, morte infantil da Rússia, mãe adolescente russa, notícias do mundo, notícias expressas da ÍndiaViktoria Kuznetsova, de 17 anos, deixou seu bebê de nove meses, Egor, sozinho em casa para visitar seus amigos. (Fonte: Correio diário / vk.com)

Uma mãe adolescente foi condenada a dez anos de prisão em Rostov, oeste da Rússia, por abandonar seu bebê por uma semana que o levou à morte, conforme relatado pelo Daily Mail. Viktoria Kuznetsova, de 17 anos, deixou seu filho de nove meses, Egor, sozinho em casa para visitar seus amigos, depois que seu marido, que trabalha no exército, saiu para o serviço militar. Ela esperou até que o marido fosse chamado para trabalhar antes de trancar o bebê em casa.

Um dia antes de trancar a filha para visitar seus amigos, ela teria postado no Facebook que ‘está tudo bem’ e disse que estava ‘saindo com Nastya’ e que tinha pintado o cabelo de preto. Segundo relatos, ela disse à equipe do dormitório estudantil que seu bebê estava com uma tia.

Depois de uma semana, os vizinhos da família começaram a suspeitar de sua ausência e informaram a polícia. Infelizmente, a polícia encontrou apenas o corpo da criança morta de fome. A mulher que teria festejado durante a semana, de acordo com o Daily Mail, foi presa logo depois. Ela teria confessado à polícia que não queria cuidar do bebê.

Os relatórios afirmam ainda que quando a criança tinha apenas um mês de idade, ela o passou para um orfanato. No entanto, a organização devolveu a criança a ela quando ele tinha sete meses de idade. Dizem que seu marido devastado está pedindo o divórcio.